Aldard - A Sexta Era

Episódio 49

Jantar à luz de fogueira

Yato, o mercenário, segue em direção à cidade de Bismut após uma discussão com seu antigo parceiro profissional. Decide ficar apenas o tempo suficiente para descansar, conseguir mantimentos e voltar sozinho por cima das cordilheiras que cercam a cidade. Após alguns dias de escaladas e caminhadas, ele se vê tendo de enfrentar um grupo de trolls das montanhas, valendo-se da estratégia de usar o terreno mais alto contra seus adversários. Após derrotar facilmente os trolls, o mercenário prontamente se põe em marcha novamente sabendo que seus inimigos logo estariam de pé novamente em instantes. No fim do dia, já a uma distância supostamente segura dos trolls, uma tempestade começa a se formar nas montanhas e Yato se recolhe a um abrigo natural. Depois de fazer os devidos preparativos em seu acampamento improvisado, ele recebe a visita de uma drow. Ambos conversaram próximos à fogueira e partilharam informações e o jantar da noite.
*
Após comprar o devido agrado, Baldur espera ansiosamente pela audiência com a imperatriz local. Enquanto isso, Naylay passeia pela cidadepara conhecer os hábitos e as pessoas peculiares, como costuma fazer desde que deixou as terras selvagens de onde veio. Consegue alguns presentes e roupas e retorna à estalagem. Ainda nela, Elise tenta aplicar seus conceitos avançados de culinária (que supreendentemente NÃO envolve cozinhar criancinhas nem trolls-gigantes-jotun inocentes) e o paladino e o feiticeiro fazem… bem, nada digno de nota. Exceto por receberem um novo integrante, um anão vindo diretamente de Latimeria procurando exatamente pelo gnomo, mandado pessoalmente por seu pai para resolver alguns problemas sobre relíquias e uma cidade de anões prestes a ser ou já destruída.
E então, no dia seguinte, a tão esperada audiência com a imperatriz finalmente acontece. Baldur, apesar de todo o seu talento e encanto pessoal, não consegue impressioná-la com suas canções, o que certamente deve ter influenciado na decisão da imperatriz de continuar não dando nenhuma concessão a aventureiros partindo de sua cidade rumo ao interior do deserto. Irritada com a insistência e as ameaças veladas do bardo, ela ordena que ele e seu grupo sejam levados de navio por um dia pela costa, para que de lá possam iniciar sua jornada. Sem escolha, Baldur comunica a decisão da imperatriz ao grupo. Além disso, comunica também que a meio-dragão-e-rival-do-gnomo-bastardo Shyvana irá acompanha-los. Obviamente, os ânimos esquentam e um princípio de confusão acontece enquanto são escoltados de volta ao navio. Depois dos ânimos se acalmarem, todos entram no navio e partem rumo à distância equivalente a um dia de viagem pela costa a partir da cidade da imperatriz, de onde iniciam a jornada pelo deserto. A jovem oráculo providencia meios mágicos de vidência durante o caminho para que não tenham de enfrentar mais perigos como os que já tiveram no caminho para a cidade.

Comments

anatnasoicram anatnasoicram

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.