Tecnologias em Aldard

Um vasto mundo como Aldard possui milhares de povos e milhares de culturas distintas. Naturalmente, cada uma possuirá seu próprio nível tecnológico. Um pequeno apanhado dos avanços mais notáveis já alcançados por algumas delas será descrito adiante:

Armas a Pólvora

De um modo geral, esses são inventos ainda em desenvolvimento em Aldard, encontrados em pontos isolados do Continente Central e especialmente em regiões costeiras, tendo como princípio o uso de um preparado alquímico altamente instável em forma de pó, a pólvora explosiva. Canhões e bombas são as armas mais comuns, mas já é possível encontrar armas de fogo primitivas, como pistolas de tiro único ou duplo, que funcionam como miniaturas de canhões. Longe de serem tão eficientes e seguras quanto a magia, armas a pólvora são perigosas tanto para seus alvos quanto para seus operadores devido à instabilidade explosiva do seu principal elemento, razão pela qual ela foi tornada ilegal na maioria dos lugares onde começou a ser usada.

Astronomia

Diversos instrumentos já foram inventados para estudar os astros, e vêm sendo reinventados com precisão cada vez maior. A bússola foi inventada por clérigos do deus Hilanda, na região conhecida como Alderan, no Continente Central. Os elfos do Continente Leste criaram seu próprio sistema de catálogo de astros e estudiosos de diversos lugares do mundo já conseguem prever boa quantidade de fenômenos naturais dos céus, de passagem de cometas a eclipses solares. Os maiores inventores e descobridores desse ramo estão entre os clérigos e magos, e a vanguarda dessa área do conhecimento está no Continente Norte, onde é um campo de estudos obrigatório para todas as escolas de conjuradores arcanos.

Medicina

De um modo geral, há um entendimento bastante avançado sobre anatomia e funcionamento do corpo entre as diversas culturas mais avançadas em Aldard. Técnicas de cirurgia e remédios para a maioria das doenças já foram criados, e mesmo com esse conhecimento ainda sendo ofuscado (e por vezes até proibido) pela atuação de clérigos e inquisidores de igrejas mais restritivas, vem sendo desenvolvido em suas diversas áreas. Isso porque em muitos casos, os mais interessados em obter conhecimento mais profundo sobre a vida e a morte estão entre necromantes e aqueles que se valem de magia profana para seus estudos.

Metalurgia

A descoberta de diversos metais raros e com propriedades exóticas levou à invenção de muitas técnicas de forja e trabalho metalúrgico. Anões de diversas partes do mundo conhecem as formas mais eficientes de trabalho em adamante, enquanto os elfos dominam as artes de manufaturar mitral. Anões do Continente Sul descobriram metais raros, como tório e arcanita, e já conseguem trabalhá-los na forma de armas. A manufatura em larga escala ainda não existe, e trabalhos com metal ainda se restringem a armas, armaduras e estruturas de pequeno a médio porte. A combinação da metalurgia com a magia é extensamente conhecida e utilizada, e seus usos podem ir muito além do simples encantamento de armas ou animação de golens.

Veículos

A maioria do transporte terrestre ainda é feita por tração animal, mas os navios dominaram o mar e os rios navegáveis. Grandes rotas comerciais foram traçadas e movimentos de colonização começaram a ser empreendidos em quase todas as partes do mundo. Quase todos os veículos de transporte marítimo usam os ventos e/ou remos como propulsão, embora haja um ou outro que utilize meios mágicos. Veículos voadores como balões dirigíveis já foram inventados, mas como em diversos outros casos, rapidamente foram relegados ao desuso pela magia. No entanto, foi graças a ela que no Continente Norte foram criados os “dragoes de madeira”, imensos navios voadores que flutuam graças a encantamentos mágicos bastante seguros, os primeiros usados em larga escala em Aldard, tanto para usos civis quanto militares.

Tecnologias em Aldard

Aldard - A Sexta Era anatnasoicram